Centromarca

Centromarca considera que proposta de Orçamento do Estado não atenua perda de poder de compra dos portugueses

A Centromarca – Associação Portuguesa de Empresas de Produtos de Marca considera que a proposta do Orçamento do Estado para 2023 contempla bases excessivamente otimistas e não contribui para aliviar a perda de poder de compra dos portugueses.

Fonte: Centromarca

Ainda que com limitações orçamentais existentes, a proposta introduz algumas medidas positivas para o universo empresarial nacional, entre as quais a injeção para custos com energia, a redução seletiva do IRC, medidas de apoio à produção primária e medidas tendentes a limitar fiscalmente os efeitos relacionados com o necessário crescimento de salários. Contudo, parece estar baseada em previsões macroeconómicas – crescimento do PIB, défice orçamental e taxa de inflação – excessivamente otimistas e desfasadas das previsões que estão a ser feitas pelos principais parceiros económicos. 

Ler a noticia aqui »
OUTRAS NOTÍCIAS